<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=402689010097672&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Atualizações para os estudantes na Austrália, sobre o COVID19

 

 

Uso do Superannuation para estudantes internacionais, há mais de um ano na Austrália.

Última atualização: Sábado, 05 de Abril de 2020 (Sydney, Australia)

O Ministro de Imigração, Cidadania, Serviços aos Imigrantes e Multiculturalismo, Alan Tudge, fez pronunciamento oficial sobre a última ação adotada pelo governo Australiano relacionado à situação dos 565 mil estudantes internacionais que estão na Austrália e não conseguem retornar aos seus países devido ao fechamento das fronteiras ou cancelamento dos vôos internacionais. 

Segue o trecho do texto abaixo:

"Existem 565.000 estudantes internacionais na Austrália, estudando principalmente no  ensino superior ou VET. Eles são  importantes colaboradores da nossa economia , criando 240.000 empregos para australianos.


Os alunos são incentivados a contar com o apoio da família, trabalho em meio período, quando disponível, e suas próprias economias para se sustentar na Austrália. Como parte da regras do visto, os estudantes internacionais tiveram que demonstrar que poderiam se sustentar completamente no primeiro ano.


Os estudantes que estão aqui há mais de 12 meses e se encontram em dificuldades financeiras poderão acessar sua aposentadoria (superannuation) australiana.


O governo comprometer-se-á com o setor educacional internacional, que já oferece algum apoio financeiro a estudantes internacionais que enfrentam dificuldades. Por exemplo, entendemos que existem alguns provedores de educação que oferecem descontos para estudantes internacionais.


O governo também será flexível nos casos em que o Coronavírus impeça os estudantes internacionais de cumprir suas condições de visto (como não poder comparecer às aulas).


Os estudantes internacionais podem trabalhar até 40 horas por quinzena.
Estudantes internacionais que trabalham com idosos e/ou como enfermeiros tiveram esse horário estendido para apoiar esses setores críticos.


Os estudantes internacionais que trabalham nos principais supermercados também tiveram esse horário ampliado para ajudar a estocar as prateleiras durante a alta demanda. À partir de 1º de maio, o horário retornará ao máximo de 40 horas por quinzena, à medida que mais australianos forem recrutados para essas funções"

------

Importante lembrar que essas foram as decisões tomadas no plano governamental. Assim que tivermos mais informações sobre o acesso ao Superannuation, iremos esclarecer através desse Blog informativo e redes sociais.

O STB Austrália faz parte da ISEAA - INTERNATIONAL STUDENT EDUCATION AGENTS ASSOCIATION, grupo de agências que atendem estudantes internacionais do mundo inteiro. 

Através dessa organização, atuamos junto ao governo Australiano, para que outras medidas emergenciais de suporte aos estudantes internacionais sejam implementadas.  Permitindo que os estudantes com menor tempo na Austrália, também sejam assistidos nesse período de crise, causado pelo COVID19. 

Estudantes STB, caso tenham alguma dúvida, não hesitem em entrar em contato pelo nosso Whatsapp: 415 462 704 

Segue abaixo o texto original do pronunciamento do MP

https://minister.homeaffairs.gov.au/davidcoleman/Pages/Coronavirus-and-Temporary-Visa-holders.aspx

 

 

Aluguel, seus direitos nesse momento de crise.

Última atualização: Sexta-Feira, 27 Março 2020 (Sydney, Australia)

Independente do Estado em que vive, algumas medidas estão sendo tomadas para que os inquilinos não fiquem vulneráveis. Ainda mais nesse momento delicado que todo planeta está passando.

Aprenda mais detalhes do que está ocorrendo, acompanhando esse Blog da Associação dos Inquilinos de NSW. Para outros estados, clique no respectivo Estado na primeira página do Blog.

Além disso, veja um trecho retirado do Blog relacionado aos estudantes Internacionais em NSW:

Eu sou um estudante internacional e afetado pela proibição de viajar. O que eu posso fazer?


Muitos estudantes já têm casas alugas em Sydney, mas agora são afetados pela proibição de viajar. Eles podem ter entrado em acordos que são contratos de locação residencial individuais ou compartilhados no mercado de aluguel privado, alojamentos em residências particulares ou alguns que são menos claros - por exemplo, em Sydney, com Campus Living Villages, Iglu ou Urbanest cujas formas podem parecer algo como um aluguel ou algo como uma pensão estudantil. Alguns, especialmente aqueles com base na universidade, estão excluídos da Lei de Arrendamento Residencial de 2010 e da Lei de Internatos de 2012.

Aqueles impedidos de entrar no país por algum tempo podem ser responsáveis ​​pela taxa de ocupação ou aluguel durante esse período. A legislação relevante é silenciosa aqui. Tanto o Anexo 1 ('Princípios de ocupação') da Lei de pensões de 2012 quanto a Seção 43 da Lei de aluguel residencial de 2010 abrangem a redução do aluguel, mas nunca anteciparam esse tipo de situação. Algumas pessoas que não são cobertas por leis residenciais podem precisar se referir à Lei do Consumidor da Austrália ou mesmo à lei comum.

Recomendamos os seguintes cursos de ação:

- Assim que possível, procure negociar com o Landlord a isenção de qualquer taxa ou aluguel cobrindo o período da sua ausência devido à proibição de viagem. Além de ser a coisa mais decente a se fazer, também pode ser do interesse comercial deles evitar perder totalmente o seu contrato se a proibição impedir que um número significativo de pessoas inicie seus estudos este ano.


- Entre em contato com o Serviço de aconselhamento e advocacia local dos inquilinos para obter ajuda na negociação com o proprietário, se seus esforços não derem certo - tenants.org.au/get-advice. Novamente, as regras podem ser diferentes para diferentes tipos de proprietário ou contrato de locação.


Certifique-se de conhecer seus direitos em relação aos objetos deixados para trás.  Você não pode ser despejado de sua casa, a menos que o proprietário siga o processo legal adequado. 


- Se o seu provedor de moradia tiver um relacionamento com sua instituição educacional, entre em contato com a associação de estudantes ou o oficial de moradia da universidade (onde houver) para obter assistência, dados os comentários do coordenador da força-tarefa relatados aqui. Entre em contato com a sua associação de estudantes e conte a eles sobre sua experiência.

Clique no link abaixo, para mais sobre esse texto e outras situações:

https://www.tenants.org.au/blog/renting-and-covid-19-information

 

Se proteja e fique em casa. O nosso atendimento nesse momento será somente online.

Última atualização: Terça-feira, 24 Março 2020 (Sydney, Australia)

Caros estudantes,

Seguindo a orientação do governo Australiano e pensando no bem-estar dos nossos estudantes e funcionários. Informamos que iremos suspender o atendimento físico nos nossos escritórios de Sydney e Melbourne. 

Contudo, nós estaremos presentes no seu dia-a-dia, disponibilizando atendimento online através de email e Whatsapp.

Caso necessite conversar conosco, por favor, entre em contato nos canais abaixo:

Email - students@stbaustralia.com.au

Whatsapp: 0415 462 704

 


Última atualização: Quinta feira, 19 Março 2020 (Sydney, Australia)

Caros estudantes,

O STB Austrália tem o compromisso de ampliar o acesso à educação no exterior aos estudantes e profissionais, possibilitando escolhas mais adequadas no caminho da educação formal, extracurricular e cultural.

Neste momento de pandemia do Coronavírus, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o STB segue as orientações oficiais de segurança e saúde do país, aconselhando todos os clientes e funcionários, além de oferecer todo o suporte necessário para que quem está viajando possa aproveitar sua estadia de maneira segura.

Entendemos que esse é um momento atípico e contamos com a compreensão de todos neste cenário de risco à saúde mundial, e nos colocamos à disposição para quaisquer dúvidas. 

Os nossos escritórios de Sydney e Melbourne continuam abertos, respeitando as orientações dos Governos de cada estado (NSW e VIC)

CONFIRA ABAIXO A ATUALIZAÇÃO SOBRE:

  • Companhias aéreas 
  • Informações do Governo Australiano
  • Seguro Saúde 
  • Perguntas frequentes

Companhias aéreas

 

Qantas Airlines

Mudanças na malha aérea da Qantas International

Todos os voos internacionais da Qantas e Jetstar da Austrália serão suspensos do final de março até pelo menos 31 de maio de 2020. Alguns serviços adicionais podem ser considerados para ajudar no repatriamento de Australianos. Mais de 150 aeronaves estarão paralisadas durante esse período, incluindo todos os A380, 747 e B787 da Qantas.

Tenham informações atualizadas no seguinte link: https://www.qantas.com/br/en/travel-info/travel-updates/coronavirus/qantas-international-network-changes.html

 

Latam Airlines

A LATAM estava operando até hoje, 24 de Março, os trechos SYD-SCL | SCL-GRU, conforme informações obtidas em seu site. Fique atento no trecho inverso do Brasil para Austrália, onde somente passageiros residentes podem embarcar retornando para casa.  Confira as últimas informações no site oficial da companhia: https://www.latam.com/en_au/experience/coronavirus/

 

Air New Zealand

Primeira companhia a seguir as recomendações do governo local e suspender todos os vôos internacionais. Ainda não há previsão para o retorno normal dos serviços. Sigam as últimas informações, sobre reembolso e alteração de bilhete no site da companhia. Informações atualizadas no seguinte link: https://www.airnewzealand.co.nz/travel-alerts

 

Emirates Airlines

De acordo com a diretiva do governo dos Emirados Árabes Unidos, a Emirates suspenderá temporariamente todos os serviços de passageiros a partir de 25 de março de 2020.  Essas medidas estão em vigor para conter a disseminação do COVID-19, ainda não existe previsão para retomada dos serviços.

Para informações sobre reembolso e alteração de bilhete, acesse: https://www.emirates.com/br/english/help/travel-updates/#3515

Qatar Airways

De acordo com o bloqueio aéreo imposto por vários países, para a entrada de estrangeiros, a Qatar Airways cancelou a maior parte de sesis voos, especialmente para Austrália. Para informações sobre reembolso e alteração de bilhete, acesse: https://www.qatarairways.com/en/travel-alerts/COVID-19-update.html

 



 

Informações do Governo Australiano

 

Department of Health - 

Este é o website do Departamento de Saúde do Governo Australiano, onde você pode encontrar todos os detalhes das últimas atualizações sobre as ações tomadas na luta contra a COVID-19.

 

O que você precisa saber e fazer

Pratique a boa higiene. Faça a sua parte para prevenir o contágio.  

  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir
  • Use lenços de papel descartáveis e jogue no lixo 
  • Lave as mãos com água e sabão
  • Use álcool em gel

practise-good-hygiene_0

Distanciamento Social é essencial nesse momento de pandemia. Segundo especialistas, quando tiver que frequentar ambientes fechados como supermercado e farmácias, manter no mínimo 1,5m de distância. Pois essa doença não é transmitida pelo ar, mas pelas gotículas expelidas por um indivíduo contaminado e essa distância mínima é a necessária para que você não seja atingido por possíveis gotículas que saem da boca da pessoa quando ela fala, por exemplo.


 

Seguro Saúde

BUPA - Exame para emissão de visto

Reprodução do aviso emitido pelo BUPA em 23/03/20

 

Consultas médicas para emissão de visto, todos devem estar cientes das interrupções nos serviços médicos para emissão de vistos, na Austrália e fora da Austrália, devido ao COVID-19.

Nossos fornecedores de processamento de vistos estão cientes das interrupções. Nós vamos levar em consideração os prazos estendidos ao considerar seu pedido de visto.

Você não precisa entrar em contato conosco se o seu visto médico foi remarcado.
Se você ainda não apresentou um pedido de visto ou não foi solicitado a realizar um exame médico de imigração, há
não é necessário entrar em contato com uma clínica de serviços médicos para vistos na Austrália ou uma clínica no exterior no momento.


Estudantes na Austrália

Bupa Visa Medical Services e outros serviços médicos  continuam a funcionar. Contudo, os serviços médicos para vistos têm horários reduzidos devido a exigências do Departamento de Saúde em relação ao COVID-19.
As medidas incluem distanciamento social. Isso deve ser implementado para todas as reservas existentes à partir de 19 de março. As medidas pode reduzir a disponibilidade de compromissos em muitos centros.

Cancelaremos algumas reservas e emitiremos reembolsos. Entraremos em contato com todas as pessoas com agendamentos cancelados e reagendar com os horários disponíveis antes de abrir o sistema de reservas para novos
agendamentos.

Essas medidas são temporárias. Eles serão revisados ​​regularmente com o conselho do Departamento de Saúde.
As medidas visam garantir a saúde e a segurança dos candidatos aos vistos que frequentam clínicas, bem como funcionários da clínica, de acordo com recomendações do governo australiano.

 

Estudantes fora da Austrália 

Há interrupções nos serviços no exterior. Algumas clínicas têm operações temporariamente suspensas ou reduzidas para os próximos meses.

Perguntas Frequentes

Veja abaixo algumas informações a respeito da situação em virtude do COVID19 - Coronavírus.